Blogger Template by Blogcrowds

Asas



Asas

(Cordel em décimas)


Vejo esse suave toque de seda
Borboletas pousando nas rosas
Pétalas se abrindo generosas
Mostram o mel que lá se hospeda
É troca de amor qual labareda.
É um êxtase intenso e sublime
Tentar interromper é um crime
Às vezes sem forças podem cair
Cansadas nas flores e sucumbir
Na eterna e bela união que prime.

A natureza em jardim florido
Em busca da matiz em cor
Colorindo nessa magia o amor
Tocando harpa em som sustenido
Pra nunca ser na vida esquecido
Milhões de seres da floresta
Que no sortilégio a vida empresta
Comemorando a felicidade
Vivendo livres na eternidade
Com sonhos refletidos nessa festa.

Nas flores de seda quero deitar
Afundar na cama colorida
Desfolhada como margarida
Pétalas voando pra te cativar
Sob os raios do sol a cintilar.
Não há nuvens no belo cenário
Ouve-se o trinado do canário
Pouse bela borboleta gentil
Deixe o meu caule se tornar febril
Torne esse momento legendário.

Só magia na floresta encantada
Nos rituais dos acasalamentos
Renovando a vida nos momentos
Em cada especie ali perpetuada
Na profusão a vida é delicada
A natureza traz a nova vida
Em todos voos ela é sentida
Seguindo o vento maravilhosa
Em cada canto nasce uma rosa
Pra dar ao colibri a acolhida.


By Lully e Domfiuza.











2 comentários:

Muito belo! parabéns

29 de dezembro de 2011 08:56  

Muito obrigada Dyh, pela tão gentil visita e comentário! Volte sempre! Abraços

30 de dezembro de 2011 21:48  

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial