Blogger Template by Blogcrowds

TEMPESTADE DE AMOR




TEMPESTADE DE AMOR


Ao te procurar, acho teus lábios
E, como numa poção de magia
Bebo o teu calor ardente
Sabor de pessegos ao sol
Perfume de mel...
A volúpia deixa o coração
e o corpo esfomeados
Numa dança que funde os sentidos
Torna úmida a fonte da vida
Deixa gotas de prazer sobre as costas nuas
Sensações apaixonadas de quem ama
Nessa tempestade de amor
Que se perde no infinito...

Lully

2 comentários:

Parabéns!
saio daqui com a alma cheia de alegria,por esta bela leitura.
Boas energias,que seus dias sejam de felicidade plena!
Mari

10 de novembro de 2010 19:13  

Mari querida! Como é bom e gratificante ver a sua carinhosa presença,com tão belas palavras!
Muito obrigada!

Beijos

13 de novembro de 2010 03:50  

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial