Blogger Template by Blogcrowds

Azul infinito



Azul infinito


É uma paixão irredutível,

lágrima de pétala em poesia

nessa cor azul que contagia

deixando a rima sensível,

na alma do poeta inatingível.

Sonho que não é a realidade,

no amor azul imensidade,

palavras e rimas com encanto

que se perdem no meu pranto.

Ficando só na saudade.


Lully

2 comentários:

Minha querida poeta Alessandra, amei essa décima linda, poesia pura de qualidade e beleza. Adorei milhões.

Beijooooooos.

Daniel Fiúza.

22 de fevereiro de 2011 09:20  

Querido Poeta Dom, vê-lo aqui é sempre uma alegria muito grande!
Obrigada por estar sempre presente!
Beijooooooo

24 de fevereiro de 2011 11:34  

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial