Blogger Template by Blogcrowds

SINTO A SUA FALTA


Ah! O amor! Essa sensação de plenitude
Que me envolve e me acaricia
Assim como se fosse um casulo
Sob os dourados raios do sol
À espera de desabrochar
E tornar-me a sua borboleta
Que pousa livremente sobre o seu corpo
Assim eu fantasio...
Quando a noite não consigo dormir...
Saudades, vontades, desejos
Ah! Que falta você me faz!
Como posso sentir esse amor imenso
Essa vontade de lhe querer assim
Que com violência irrompe no meu peito...
Esse desespero que me dá vontade
De lhe dizer quem você é....
Você é a frase de amor que comecei a escrever
E para a qual nunca haverá um fim
Você é o meu ontem, o meu hoje, o meu sempre
Volte, então, logo para mim!

Alessandra

3 comentários:

Esta sua poesia reflete um amor intenso...palavras doces e belas cheias desse amor que você sabe tão bem descrever! Parabéns.
Beijo

23 de março de 2010 16:03  

Poesia onde o romantismo e a sensualidade se juntam...linda!

23 de março de 2010 16:05  

Dimmi la veritá,bambina, come fai a scrivere queste poesie? Sono di una bellezza struggente.

23 de março de 2010 21:39  

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial