Blogger Template by Blogcrowds

Falta




Falta


É um sonho ou fantasia
Essa vontade que me acaricia
Penso em quem me faz sonhar
Nesse desejo de contigo dançar
Enquanto a luz do sol partia.

Dando lugar ao brilho da lua
O meu querer se acentua
Vermelho como o poente
Penso no meu amor ausente
Assim a minha dor continua.

Será o feitiço da noite
Que machuca como açoite
Viro loba só de pensar
Essa paixão não vou agüentar
Na falta que você permite!


Lully

4 comentários:

Essa falta sempre vira de um lado para outro em minha cama. Adorei ler.

25 de março de 2011 15:25  

Cara Helen, é um prazer tê-la aqui, muito obrigada pelas belas palavras. Beijo

25 de março de 2011 15:50  

Lully, antes de tudo, saudades! Estou agora realmente blogueira de carteirinha, rsrsrrsrs...Por isso, deixo aqui meu convite, apareça no meu Blog. Aqui um poema doce, canção de uma fadinha muito especial, você Lully!

27 de março de 2011 11:54  

Alessandra minha querida Lady poeta, um poema realmente emocional, navegar nessa cascata de sonhos e viver seus sentimentos e emoções. Teu poema tem a beleza das coisas mágicas, um sentir em cascatas de emoções, e muito me satisfaz, pois sempre me deparo com belíssimas páginas de muito amor e paixão, sensíveis e poéticas, é pra ler, copiar e guardar. Adorei milhões minha linda poeta.

Beijoooooooooooooooos

Domfiuza.

7 de abril de 2011 08:04  

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial