Blogger Template by Blogcrowds

A noite termina...


A noite termina...


A noite termina, acabou a agonia,
sinto na face o despontar da aurora
abrindo a janela ao frescor do dia,
no raiar do sol já passou da hora.

Deixo com tristeza o sorriso agora,
minhas lágrimas secam sem alegria,
na espera do amor que foi embora
que está tão longe em nostalgia.

Mesmo assim distante sinto no ar,
a brisa é quem traz, esse doce olor
do orvalho nas flores pra me ninar.


Esse cheiro pungente me faz pensar
em correr pros teus braços, meu amor,
pra ouvir teu coração e me aninhar.


Lully

1 comentários:

Lady Alessandra, minha linda e querida poeta, mais um lindíssimo poema que me encantou barbaridade, são tantas emoções e sentimentos, adorei milhões.

Beijooooooooooooooooos


Dom

11 de abril de 2011 23:55  

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial