Blogger Template by Blogcrowds

Estrela marinha (Vilancete)



Estrela marinha



(Vilancete)


Eu não pedi nada ao céu
Não pretendi nada ao mar
Queria algo pra me alegrar.

A onda linda me molhou
Trazendo a tona seus dons
Conchas de todos os tons.
Tua beleza me abalou
A minha mão te tocou
Foi fácil me cativar
Vi teu sorriso brilhar.

Não, não poderia esquecer
Triste e belo sorriso
Lembrando teu paraíso
Gotas d´água vi cair
Mas eu não quis te ferir
És do mar, podes voltar,
estrela marinha a nadar!


By Lully

1 comentários:

Lully, olá!

Fiz uma viagem do Recanto das letras e fui parar aqui. No primeiro poema lido aqui, encanto... Acompanharei você regularmente.

Abraço,

Olivetto.

18 de setembro de 2011 13:44  

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial