Blogger Template by Blogcrowds

NÃO VOU NEGAR


Não vou negar que tenho sonhos
que já vivi, outros que ainda não,
desejos escondidos que quis mascarar,
com a timidez no olhar mas com a paixão no corpo.

Não vou negar que as minhas fantasias convergem em ti,
meus pensamentos só os dedico a quem
me dá essa felicidade que me embriaga,
tolhe-me as palavras, faz-me tremer a voz.

Não vou negar que quero o teu corpo junto ao meu,
viajar nos teus sentidos, amar-te loucamente,
ver cair a tua resistência para sentir-te completamente meu.

Não vou negar que quero perder a noção do tempo,
viver intensamente, enriquecer os dias com este nosso amor
ser tua eterna aprendiz nesse turbilhão de sentimentos.

Alessandra

5 comentários:

Muito sincera a tua intenção de um amor pleno, ousado, com inspiração e beleza, tuas verdades, jamais furtivas.

Beijoooo

18 de novembro de 2009 02:37  

Versos de quem está com o coração em outras mãos, definitivamente!
Um poema lindo desenhando o amor magicamente.
Parabéns pelo poema, e pelo seu aniversário um beijo com todo o meu carinho.

18 de novembro de 2009 03:00  

ha ragione Paolo :-)

18 de novembro de 2009 12:31  

Minha querida, linda e sensual poetisa Alessandra. Não vou negar que muito me encantou a sua poesia, não vou negar que senti uma grande emoção e que ela mexeu com meus sentimentos, não vou negar que ela é linda, maravilhosa e cheia de linguagem poética, e também não vou negar que adorei milhões.


Te mando Beijos sinceros, não vou negar.

Dom

Ausqufiterenterlenter quifiterenter tenter ausmaus


Não vou negar que és linda na poesia
Que com isso conquista corações
Não nego que te tenho simpatia
E estou cheio de segundas intenções.


Não nego que essa poesia é pra ti linda poeta.

Domfiuza

14 de janeiro de 2011 11:22  

rsrsr, meu querido Poeta Dom, não vou negar que, às vezes, acho que vc não existe!
Mas também, não vou negar, que isso é passageiro...
Muito obrigada por tudo!
Beijosssss

21 de janeiro de 2011 12:09  

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial