Blogger Template by Blogcrowds

SONHAR


Às vezes fico a sonhar olhando para o mar
Sinto na pele o toque molhado da
brisa salgada que espirra das ondas
O cheiro pungente das algas
Eu sei que é um sonho e que vou despertar
Mas te sinto no ar...
Ouço tua voz como se fosse música a me embalar
Recebo no colo as conchas catadas
E sinto o calor da tua pele que
tem o sabor salpicado de sal
Mas a tua boca a me beijar
é doce como se fosse uma
fonte no meio do mar
Esse teu beijo que não quer parar
E que vai sempre mais fundo
me provocando, atiçando o
desejo que tenho de ti
Neste momento o mundo explode
Perdem-se os sentidos
Só sobram pedacinhos de mim
E, nessa explosão, acordo
Sem ti...


Alessandra

4 comentários:

...engraçado eu também sonho olhando para o mar...
Linda, garota farfalla!
Beijoooooo

7 de fevereiro de 2010 13:31  

Aí garota, onde fica esse teu sonho??? Bem, não importa, o que interessa é o poema...
Beijossssssss

8 de fevereiro de 2010 19:13  

Lindo poema e ultra-romântico...parabéns!

10 de fevereiro de 2010 17:55  

Alessandra,amada,
voltei.
Passei para deixar-lhe um abraço,
e um bom feriadão.
Excelente post!
O dom da palavra
da escrita, da leitura,
dádiva divina
criação, criatura,
Boas energias,
Mari

13 de fevereiro de 2010 13:52  

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial