Blogger Template by Blogcrowds

REALIDADE


Ando pelo campo em flor, assim lentamente
sentindo o vento brincar nos meus cabelos,
fazendo dançar ao meu redor pétalas de flores.

Ah, como queria, pelas suas asas,
ser levada longe bem longe,
para não mais sentir a saudade
que me atormenta a alma.

Queria vestir-me com a tua pele
para te ter sempre comigo e,
assim, mostrar-me o caminho certo.

Este percurso desenhado pelos
nossos sonhos, com aquele lugar
que tinhamos marcado
mas que se foi na lembrança do passado...

Suspiro, gemo de dor ao ver o tempo
passando sem poder pará-lo e,
vejo no espelho da minha realidade,
não poder te ter apesar do
meu querer imenso.

Alessandra

17/08/2009

4 comentários:

Apesar de triste, uma linda poesia, sortudo daquele a quem estes versos são dirigidos.

C.T.

18 de agosto de 2009 03:03  

questa è proprio bella, una delle migliori che hai scritto...

18 de agosto de 2009 12:47  

Já tinha saudades sabias...mas deixa a porta do sorriso aberta

(Guy)

18 de agosto de 2009 18:42  

Menina!!! Você ama demais,sabia???!!!
Lindo poema.

(Amanda)

20 de agosto de 2009 18:38  

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial