Blogger Template by Blogcrowds

ANTIGO DESEJO





Eu tenho um desejo tão antigo

mas nunca esquecido, pois
ele sempre está lá a me chamar...

É o desejo de caminhar, pela praia,
mão na mão, sob a luz do luar,
ver nossas pegadas na areia
ainda quente pelo sol do dia,
sentir o cheiro da maresia
misturado ao seu, ao meu.

Doce cheiro de açúcar queimado
recendendo a hortelã,
que aumenta a vontade de te beijar,
encostar a cabeça no peito
ouvir as batidas do teu coração,
sentir o teu ombro encostado no meu,
roçar os meus lábios no teu pescoço,
ouvir os sussurros de sedução...

Sorrio levemente, olhando para o mar,
para as estrelas a brilhar e...
sussurro o meu desejo.

Alessandra

29/07/2009


5 comentários:

Lindo este poema...cheio de saudosismo...Vá em direção a esse desejo e procures a beleza que poderás tirar dele...
Bj

(Amanda)

9 de agosto de 2009 16:41  

Lindo, cheio de ternura e recordação.
Bj

9 de agosto de 2009 21:01  

sono d'accordo con amanda, devi andare ad abbeverarti alla fonte del tuo desiderio...

10 de agosto de 2009 16:45  

Entrei no seu blog por acaso...e agradeço ao acaso!
Poesias lindas, ternas e com toque sensual que suprime a ligeira tristeza que dá para sentir em alguns dos seus versos.
Parabéns!
Beijos

Cláudia

12 de agosto de 2009 10:42  

Oie tudo bem? Adorei esse poema, acho q vou copiar rsrs bjus flor, nos vemos no msn
Robson

20 de agosto de 2009 14:53  

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial