Blogger Template by Blogcrowds


SONHO




Estamos lá, juntos, deitados naquele gramado, olhando o sol, sentindo o calor que flui de nossos corpos apenas encostados, apenas se roçando mas mesmo assim emanando toda a sensualidade posta a prova pelo proibido, pelo incontido, pelo tão abrasador desejo, assim a flor da pele, arrepios, que nos fazem ignorar a discrição, ao ver nos olhos a mesma paixão, o calor da mão, que acaricia sem se dar conta, imperceptivelmente, e os labios túmidos de paixão à procura da outra boca ansiosa...

Foi apenas um sonho, mas tão real
que ao acordar fiquei desnorteada a pensar onde naquele momento eu poderia estar.

Ah, os sonhos são desejos
jogados lá nas estrelas, então vou agarrar a mais brilhante, pois é lá que o meu está, vou segurá-la forte para não escapar, pois se um sonho morre a vida se torna tal qual um colibri de asa quebrada que não pode voar!

E não quero que a vida mate
o meu sonho... o sonho que eu sonhei!!

Alessandra P. Negrini

1 comentários:

Este sonho é tão real, que passa a ser um sonho, um sonho irreal, como todo sonho comum, que sonhamos juntos realizar, como o meu sonho em sua poesia fielmente descrito, como o sorriso e o grito que ouço ao longe, ao corrermos livres pelos campos verdes da felicidade e do amor....

2 de maio de 2009 17:55  

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial